# Thiago Neloah

[---- 36 anos, coimbra, pt, poeta. ----]

Monday, January 29, 2007

 

----- ESTAR



Queria escrever ou descrever agora
toda angústia que se aninha em minh'alma.

Estou cá, deixando definhar meus anos mais enérgicos,
me embededando de conhecimento, olhando no espelho e me sentindo patético.

Mas meu mal, ora vejam, não é total.
Ainda à pouco escorregou pela minha cama uma moça
cuja pele silvava como louça.

Fustiguei-lhe o corpo, nutri-me de sua entrega,
fiz com que tateasse no clarão do gozo parecendo uma cega.

Deleitamo-nos do momento - um raio no breu da madrugada,
e ficamos felizes, no enxerto da entrega mensurada.

Porém nos abandonamos, fomos cada qual para o seu canto,
e amanhã, e durante a semana, essa lembrança será um acalanto.

Não estaremos sempre juntos, não queremos isto.
Um filho em nós reclama o imprevisto.

A angústia, no fim, é a partida.
É isso, a vida?

Comments:
Esse continua sendo um dos meus favoritos. É sonoro, perfeito.

*nOTA: VOCÊ NÃO PERMITE COMENTÁROS QUE NÃO SEJAM DO BLOGGER. Meu blog agora é no Wordpress: Coisas de manauara.*
 
"eu vejo as pernas de louça da massa que passa e eu não posso tocar, tou me guardando pra quando o carnaval chegar" do Chico buarque... sei lá, me evocou.
 
Post a Comment



<< Home

Archives

November 2005   December 2005   January 2006   February 2006   March 2006   April 2006   May 2006   June 2006   July 2006   August 2006   October 2006   November 2006   December 2006   January 2007   February 2007   March 2007   June 2007   July 2007   October 2007  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?